Voltar

Por que Rails?

Saiba o que levou a CJR a escolher essa ferramenta tão popular
12/11/19   |   Gabriel Bessa
97db20ce 54db 4a02 9e73 9c106272cb24
Antes de falarmos porque o Rails nos ajuda tanto no nosso dia a dia como desenvolvedores web, é importante salientar como e quando esse framework surgiu. Ruby on Rails é um framework web escrito em Ruby, lançado no final de 2005 por David Heinenmeier.

Esse framework se popularizou muito ao longo desses anos, e a sua demanda aumentou bastante desde então. Rails tem a sua notável vantagem de facilitar o trabalho do programador e fazer as maioria das coisas sozinho, sem que se necessite de maiores cuidados entre ligação do banco de dados com o frontend da aplicação por exemplo. Isso foi visto como um time saver. Não é atoa que o Rails tem como proposta principal o “CoC” que seria Convention over Configuration. Esse é apenas um dos motivos para Rails ter se tornado tão popular nos últimos anos.

Nós da CJR trabalhamos com o Rails por ele nos dar toda a assistência que precisamos de gemas, as documentações muito bem explicadas das mesmas e de suas funções. O Rails também caiu como uma luva para nós pois é um framework novo e fácil de trabalhar, e como nós não temos muitos membros como uma empresa grande, precisamos de agilidade e eficácia para realizar nossos serviços. Como o Rails preza muito pela rapidez e legibilidade de código, nós podemos realocar membros em projetos, além de poder entregar um trabalho bem feito em um curto espaço de tempo.

Ruby on Rails é um framework escrito em Ruby designado à aplicações web. Ao longo dos anos o Rails vem sendo amplamente utilizado principalmente por freelancers, e empresas de pequeno porte. Rails é mais conhecido por ser um framework fácil de trabalhar, sendo muito mais amigável para um desenvolvedor web novato do que outros frameworkcs.

Uma das principais vantagens do Rails é ter um padrão muito bem definido para determinadas tarefas dentro do ambiente de desenvolvimento. Adotando inúmeras convenções, tentativas para evitar duplicação de código, acesso ao banco de dados de uma forma simples e eficaz, são essas dentre outras características que fazem o Rails ser uma linguagem muito boa para o aprendizado e naturalmente despertando o interesse de se programar numa linguagem tão amigável, deixando a própria experiência de programar melhor. Além de deixar o ambiente de programação melhor, essas medidas do Rails deixam o código mais legível, isso se deve ao uso de convenções.

Por ser open source, o Rails têm várias bibliotecas, as “Ruby Gems” que podem ser importadas para o código fonte de qualquer projeto de uma maneira simples e eficaz. Em conjunto com uma imensa variedade de funcionalidades dentro dessas bibliotecas, existe também toda a comunidade que programa com Rails, e que sempre está disposta a ajudar qualquer novato nesse âmbito nos fóruns. A maioria das gemas populares do Rails são muito bem documentadas e portanto suas utilidades são fáceis de ser compreendidas. Como o Rails é um projeto open source, sempre existe a possibilidade de qualquer pessoa contribuir para o projeto como um todo. Por esse motivo a documentação das gemas estão sempre sendo atualizadas a medida que o tempo passa.

Apesar de não ser a melhor linguagem pensando em eficiência a longo prazo, certamente está dentre uma das melhores linguagens que podem economizar muito tempo em projetos, pelo simples fato de ter centenas de artefatos que fazem inúmeras tarefas com uma simples linha de código. Não é atoa que com o passar do tempo, mais temos cursos de Rails disponíveis na internet, aumentando a comunidade, que por sua vez pode contribuir para a linguagem, já que ela é open source.

Rails está em diversas plataformas, até nas maiores companhias que usam uma ferramenta ou outra do Rails em seus projetos. Dentre essas companhias, podemos citar: Twitch, Airbnb e o GitHub.

Além de ser muito amigável, Rails também é um framework muito seguro, porque ele usa filtros contra XSS, que em suma é injeção de scripts maliciosos para tomar o controle do browser da vítima. Além do XSS, conta também com diferentes métodos contra SQL Injection, e com um sistema de autenticação. Tendo em vista que o Rails é bem seguro ele é uma excelente escolha para novatos em que não entendem de segurança.

Sobre o autor:

Gabriel Bessa
Consultor de Talentos

Olá, eu sou o Gabriel, mas meus amigos me chamam de Rofl! Sou fã de MMORPGs e sou gosto da área de Segurança Computacional!