Voltar

Dicionário do Jovem empreendedor

Termos do meio empresarial 101
30/09/20   |   Lucas Ramalho
Thumbblog


Nesse post vamos falar um pouco sobre alguns termos que são muito usados no meio empresarial. As vezes quando nos jogamos nesse meio demoramos um pouco para entender o que alguns termos significam e geralmente precisamos aos poucos ir "traduzindo" esses termos, mas estamos aqui para te ajudar com alguns desses termos! Então vamos lá!

Sumário

  • Hard skills
  • Soft skills
  • Metodologias ágeis
    • Scrum
    • Kanban
  • Cultura empresarial
  • Pitch
  • Modelo de Negócio
  • MVP
  • StakeHolders
  • Networking

Hard skills: 
    Hard skills refere-se a habilidades técnicas que você pode desenvolver através de uma educação formal, cursos, cursos técnicos ou com a mão na massa estudando e fazendo por si só. Alguns exemplos de hard skills são suas habilidades com uma linguagem de programação, ou suas técnicas em design, calculo estrutural, quais línguas você domina e etc.

Soft skills: 
    Soft skill são habilidades mais interpessoais, ou seja com relação com o seu comportamento, características como inteligência emocional, empatia, criatividade, resiliência, flexibilidade, liderança e etc. Essas são habilidades muito importantes que também fazem a diferença na hora de conseguir um emprego, promoção ;).

Metodologias Ágeis: 
    Começou com um manifesto assinado em 2001, com o intuito de descobrir melhores maneiras de desenvolver softwares, esse manifesto é acompanhado de 12 princípios que guiam as diretrizes das metodologias como Scrum e Kanban. Com o passar do tempo esses princípios passaram a ser utilizados no meio empresarial como uma forma de aumentar a eficiência e alinhamento de equipes.
  • Scrum
    • idealizado por Ken Schwaber e Jeff Sutherland
    • No Scrum são definidas sprints, que podem ser de 1 a 4 semanas. Nessas sprints as atividades definidas para ela são conduzidas, ao final delas se tem um incremento em direção ao produto final. Mais ideal para equipe com dedicação exclusiva.
  • Kanban
    • É uma metodologia mais visual dado que geralmente são 3 colunas, “a fazer”, “fazendo” e “feito”, nessas colunas são colocadas atividades, podendo ser post its , levando em consideração a capacidade da equipe, colocando limites do que pode estar sendo feito para não sobrecarregar a equipe e também facilitando feedbacks das atividades e iteração da equipe.

Cultura Empresarial:
    A cultura empresarial arrisco dizer que é a parte mais importante da empresa, pois é através dela que se gera engajamento, alinhamento e motiva os membros da empresa. A cultura empresarial é o que guia a empresa e geralmente é traduzido em Missão, Visão e Valores, o famoso MVV, através deles procura-se gerar um sentimento mais unitário e alinhado dentre todos os membros para que todos caminhem no mesmo sentido, que é a evolução pessoal e da empresa como um todo.
Pontos importante para ter uma boa cultura empresarial, é ter um MVV muito claro e bem definido, transparência entre os membros, colaborativismo, engajamento com os membros e feedbacks positivos e construtivos.


Pitch:
    É o exercício da persuasão e venda de um produto ou ideia em um curto período de tempo, por tanto você preciso ser conciso, objetivo e persuasivo. No exemplo do “elevator pitch” é dada a situação em que você entra em um elevador com um empresário famoso e você que tem um produto ou ideia que deseja vender ou encontrar um investidor, sabendo disso, como você nessa viagem de elevador conseguiria vender o seu produto. A técnica do pitch também é um ótimo exercício para oratória. 


Modelo de negócio:
    O modelo de negócio é uma forma de melhor estruturar e compreender qual a sua lógica de negócio. Um dos frameworks, ou maneira de ser feito esse modelo de negócio é através de um canvas onde nos perguntamos quatro perguntas.
  1. O que ? Aqui respondemos qual a nossa proposta de valor, ou seja uma clara ideia do que é o seu produto e por que ele é relevante. A proposta de valor deve estar atrelada aos pilares que regem a empresa.

  1. Como ? Quais as principais atividades que sua empresa/produto vai exercer, quais recursos vão utilizar e quais as principais parcerias que pode-se usufruir.

  1. Para quem? Quais são os seus segmento de clientes, como será o relacionamento com o cliente e quais são os canais de interação com cliente.

  1. Quanto ? Aqui deve-se analisar quais serão os custos do seu negócio,  e os deixá-los bem estruturados, assim como as receitas do negócio.

   


MVP
    Minimum Viable Product ou em portugês, Produto Mínimo Viável, é levar em consideração qual, essencialmente, é o seu produto e se faz uma análise de quais de qual é o menor investimento que o torne viável. Depois testa-se o esse mínimo produto para avaliar sua eficiência, usabilidade e aceitação do mercado. 


StakeHolders
    São as principais entidades que mantém o seu negócio vivo, sejam elas parcerias, clientes, apoiadores, membros do time e etc. É interessante ter esses StakeHolders bem claros e em mente para que se possa fazer constante manutenção de um bom relacionamento com eles de tal forma que se possa trabalhar trocas de interesse.


Networking
    Talvez uma das palavras mais usadas no meio empresarial é, o que eu diria, o investimento mais importante na carreira profissional, o network, em tradução livre “rede de oportunidades”. É através do network que abrimos portas para novos conhecimento, oportunidades de carreiras e tudo que pode vir ser preciso em uma vivência empresarial. 


Bench
    Um dos termos mais usados, principalmente no meio empresário júnior, que se refere à troca de informações com outras empresas, ou até outras áreas da própria empresa, é uma troca de conhecimento, geralmente sobre um tópico específico, com o intuito de obter mais conhecimento sobre um processo ou ter mais ideias sobre como um processo de uma nova maneira.

Front-end
    Esse é um termo muito comum na área de tecnologia para se referir ao desenvolvimento do lado do cliente como por exemplo as telas que vemos em sites e aplicativos. Porém esse termo passou a ser usado no meio empresarial também se referindo às partes da empresa que são mostradas para o cliente de alguma forma, como por exemplo equipe de marketing, equipe de vendas e a presidência institucional.

Back-end
    Assim como a expressão de Front-end veio da área de tecnologia, remetendo ao banco de dados, regras de negócio e etc, isso no meio empresarial se traduziu aos trâmites mais internos da empresa, como a gestão de pessoas, gestão de tecnologias usadas na empresa, endomarketing e etc.

Caso queira sabe mais sobre o MEJ e o meio empresaria júnior leia mais nesse post

Sobre o autor:

Lucas Ramalho
Coordenador de Conteúdo

Olá, sou Lucas, curto a área de Data Science, IA e fazer uns pães =D